1.A guerra em lume brando?

7 de Fevereiro | 22H30

O mundo está cada vez mais armado e vive tempos incertos. Com os EUA a perder liderança, a China e a Rússia ganham protagonismo. No medir de forças, há mais de 14.500 ogivas nucleares espalhadas por 9 países. E novas ameaças à paz global: no ciberespaço os ciberataques e as "fake news" são usados para desestabilização social e propaganda.

Veja aqui o programa

O ano que agora começa é crítico para a paz mundial acreditam os especialistas. De um lado da balança, os EUA estão a perder hegemonia e enfrentam novas incertezas sob a liderança de Donald Trump. Do outro, China e Rússia ganham espaço para reforçar protagonismos.

O presidente norte-americano já anunciou que vai endurecer posições contra estas duas potências rivais. Uma das maiores incógnitas para 2018 é mesmo a forma como Trump vai lidar com o crescente poder e a estratégia de domínio económico do líder chinês Xi Jinping. E como isso se vai reflectir nas relações com a Coreia do Norte, que tem dado mostras do reforço da sua capacidade nuclear.

Mas há muitos outros focos de tensão a ameaçar a paz. Do Médio Oriente a África, passando pela Índia ou pela instabilidade política na Venezuela. E um jogo político conduzido em novos palcos, como o ciberespaço, onde os ciberataques ou as “fake news” são usados como armas de desestabilização social e propaganda.

No próximo Fronteiras XXI não perca a análise do xadrez mundial feita pelo ex-ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas. Em directo estarão também o embaixador José Cutileiro, que coordenou a Conferência Europeia da Paz para a Jugoslávia durante a guerra dos Balcãs e a especialista em geopolítica e investigadora Ana Santos Pinto.

O programa terá a participação através de um directo inédito, do Prémio Nobel da Paz  e Presidente da Colômbia Juan Manuel Santos, que assinou o acordo de paz com FARC.  Conta ainda com entrevistas exclusivas a Wendy R. Sherman, ex-subsecretária de Estado dos EUA que conduziu o acordo nuclear com o Irão; a Shlomo Ben-Ami, ex-ministro dos Negócios Estrangeiros israelita e a Jonathan Powell, que negociou com o braço político do IRA na Irlanda do Norte no governo de Tony Blair. Não perca, quarta-feira, às 22h30 na RTP3.

Convidados neste programa

Paulo Portas Ex-ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros e Vice-Primeiro-Ministro de Portugal com a tutela da diplomacia e coordenação económica no último governo, teve também a pasta da Defesa...
Ana Santos Pinto Especialista em geopolítica do Médio Oriente Perita em geopolítica do Médio Oriente, política externa da UE e segurança internacional, é investigadora e membro da comissão executiva do Instituto Português de Relações Internaci...
José Cutileiro Embaixador, escritor e antropólogo Diplomata, antropólogo e escritor, estudou Arquitectura e Medicina e formou-se em Antropologia Social na Universidade de Oxford, onde também se doutorou. Foi investigador no St. Antony’s...

Documentos

OS EUA acabaram de rever a sua estratégia nuclear. Leia aqui o relatório sobre a modernização do armamento americano 5 Fev, 2018  |  PDF  |  467.79 KB
Veja aqui o Global Risk Report 2018 do Forum Económico Mundial 17 Jan, 2018  |  PDF  |  6.94 MB
A consultora Eurasia aponta os grandes riscos mundiais em 2018 12 Jan, 2018  |  PDF  |  5.57 MB
Relatório dos serviços secretos norte-americanos sobre as grandes tendências no mundo 12 Jan, 2018  |  PDF  |  16.65 MB
No "Global Peace Index" é feita uma análise dos conflitos e das ameaças à paz em 163 países 12 Jan, 2018  |  PDF  |  7.87 MB

As melhores questões têm lugar marcado no debate!

Pode escolher o convidado a quem quer deixar a sua mensagem. Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório. Os lugares estão condicionados à lotação do espaço. A selecção das melhores questões e/ou comentários é da responsabilidade da direcção deste programa.
    

SABIA QUE

?
Rússia e EUA são os países com mais ogivas nucleares. Na União Europeia, França e Reino Unido têm em conjunto mais 500 Federação dos Cientistas Americanos
Especialistas atómicos alertam que o risco de um conflito nuclear é o maior desde a década de 1980 Revista "Bulletin of the Atomic Scientists"
As mortes por terrorismo cresceram 247% desde 2008 "Global Terrorism Report 2017"

Notícias XXI

"O caminho mais perigoso", uma viagem contada pelo jornalista Paulo Moura
Nos bastidores dos acordos de paz
"Quem governa o mundo?" Artigo de Nuno Severiano Teixeira
"Congelar Schengen seria a vitória do terror" - entrevista a Durão Barroso
"Putin o Salvador"?
"Entre o Índico e o Pacífico"

Notícias nos media

  Presidente da Colombia em entrevista ao Fronteiras XXI: "Fazer a paz é mais difícil do que fazer a guerra"
  "O açúcar mata hoje mais do que a guerra", diz Shlomo Ben-Ami no Fronteiras XXI
  As relações "especiais" de Portugal com a Coreia do Norte