VÍDEO INFOGRÁFICO

5.De que jornalismo precisa a democracia?

19 DE JUNHO DE 2019 | 22H00

Numa altura de desafios e incertezas para a democracia, o jornalismo está sob fogo cruzado. A internet e as redes sociais são hoje a principal fonte de informação, mas também de desinformação, "fake news", manipulação e propaganda política. Reveja o programa.

Reveja o programa

Numa altura em que a democracia enfrenta desafios e incertezas, o jornalismo está sob fogo cruzado. Os meios digitais alteraram radicalmente a forma de consumo de notícias, com a internet e as redes sociais a serem a principal fonte de informação, mas também de desinformação, fake news, manipulação e propaganda política. O ritmo vertiginoso de produção, é uma ameaça à profundidade e qualidade noticiosa, com o jornalismo a concorrer com falsos media e produtores de conteúdos.

O frágil modelo de negócio enfraqueceu o sector. Concentrou em algumas empresas quase todos os meios, reduziu o tamanho das redacções e trouxe instabilidade aos profissionais. Em menos de duas décadas, metade dos títulos diários ou semanários na imprensa desapareceu.

Das rádios, à imprensa e televisão, os media vivem agora online, sujeitos às regras e algoritmos de busca de gigantes como a Google ou o Facebook. O jornalismo digital e a televisão regateiam hoje a liderança como principal fonte de notícias em Portugal. E apesar do grande aumento de assinaturas, não chegam a 10% os consumidores portugueses que pagam para ler informação online. Outros 30% bloqueiam publicidade.

Recentemente o Presidente Marcelo Rebelo de Sousa deixou um alerta: falou de uma “situação de emergência” nos meios de comunicação social nacionais, que classificou como ” um problema democrático e de regime”.

No próximo Fronteiras XXI queremos debater o jornalismo de que precisa a democracia e o que podemos esperar no futuro. Com os jornalistas David Dinis e António Borga, a socióloga política e especialista em media Susana Salgado e a participação especial de Sérgio Dávila, director do maior e mais influente jornal brasileiro Folha de S. Paulo

A moderação é da jornalista da RTP Ana Lourenço. Fronteiras XXI, dia 19 de Junho, às 22h, na RTP3.

 

Convidados neste programa

David Dinis Jornalista, director-adjunto do Jornal "Expresso" Director-adjunto do semanário “Expresso” desde Março, tem uma carreira de mais de 24 anos como jornalista. Foi fundador e dirigiu o jornal online “Observador” desde o seu lançamen...
António Borga Dirigente da Ass. para o Estudo da Comunicação e do Jornalismo Começou a sua carreira de jornalista em Londres, na "BBC", canal público de televisão e rádio do Reino Unido, como repórter entre 1969 e 1974. De regresso a Portugal, foi chefe de redac...
Susana Salgado Investigadora, Instituto de Ciências Sociais É investigadora no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, onde se doutorou em Sociologia Política e dá aulas de comunicação política e de media e política. Foi tamb...
Sérgio Dávila Director do Jornal "Folha de S. Paulo" É director da “Folha de S. Paulo”, jornal diário brasileiro do Grupo Folha, e líder de audiências desde 1986. Além de jornais, o grupo de media detém a agência de notícias Folhap...

Documentos

INFOGRAFIA: DA PENA AO SMARTPHONE 6 Jun, 2019  |  PDF  |  4.57 MB
INFOGRAFIA: CONECTADOS E EXPOSTOS 22 Mai, 2019  |  PDF  |  134.97 KB
Estudo "A Desinformação - contexto europeu e nacional", da Entidade Reguladora para a Comunicação Social 12 Jun, 2019  |  PDF  |  2.81 MB
"Redes sociais e Democracia", um estudo lançado por Pierre Omidyar, criador do E-Bay 22 Mai, 2019  |  PDF  |  1.63 MB
"Digital News Report 2019", o relatório do Instituto Reuters para o Estudo do Jornalismo que faz o diagnóstico das notícias no digital 14 Jun, 2019  |  PDF  |  16.23 MB
O Estado das notícias em 2018 - O Barómetro Obercom 31 Mai, 2019  |  PDF  |  8.41 MB
Um retrato das condições laborais dos jornalistas. Inquérito da Obercom de 2017 4 Jun, 2019  |  PDF  |  1.71 MB

SABIA QUE

?
58% dos portugueses dizem ter confiança nas notícias, o que faz do país, em conjunto com a Finlândia, aquele onde a população mais acredita no que é publicado "Digital news report 2019" do Instituto Reuters para o Estudo do Jornalismo
O jornalismo digital ultrapassou em 2018 a televisão como maior fonte de informação noticiosa. Já este ano, a televisão recuperou a liderança "Digital news report" de 2018 e 2019 do Instituto Reuters para o Estudo do Jornalismo
O primeiro jornal em Portugal, a "Gazeta" nasce em 1641. Em 2017 existiam 411 publicações

Notícias XXI

Jornalismo e democracia, um artigo de António José Teixeira
De que jornalismo precisamos? A visão do publisher do jornal ECO, António Costa
A Humanidade está numa relação complicada com a tecnologia

Notícias nos media

  Marcelo: "Sem comunicação forte não há democracia forte"
  Bruxelas insta plataformas a fornecer informações mais detalhadas
  Fake news: UE promove "meios de comunicação social livres" contra "pressão crescente"