INFOGRAFIA

08.Jovens de costas voltadas para a política?

17 DE OUTUBRO 2018 | 21H30

Alheados e desinteressados. É este o retrato da participação política dos jovens portugueses feito por vários estudos. Não se revêem nos partidos, nem em muitas associações, mas estão cada vez mais activos na internet. Quem está a fazer a diferença na sociedade civil? E como? Veja o debate moderado pela jornalista Ana Lourenço.

Veja o programa completo

Combater o desemprego, proteger o ambiente, defender a igualdade das mulheres. São mais as grandes causas do que os partidos que hoje levam jovens a envolverem-se na sociedade portuguesa?

Parece que sim. Os estudos mostram que a maioria dos adolescentes e jovens não têm interesse na política, apesar de os índices de satisfação com a democracia estarem a melhorar em Portugal.

Não se revêem nos partidos, não lêem notícias nos jornais nem vão à internet aprofundar estes temas. E, apontam alguns dados, até votam menos do que há uns anos.

São também pouco participativos na vida associativa. Apenas cinco em cada 100 portugueses entre os 15 e os 24 anos estavam ligados a uma associação juvenil e apenas 2% pertenciam a uma associação de apoio humanitário em 2015. Números que crescem à medida que a idade avança, mas continuam a ser pouco expressivos.

É através da internet que mais revelam os seus comportamentos cívicos. Como é que chegamos aqui e de que forma os mais activos estão a fazer-se ouvir?

Como é possível alterar este cenário? E quem são os jovens que estão a fazer diferença na sociedade?

No próximo Fronteiras XXI juntamos o músico e fundador dos Buraka Som Sistema, Kalaf Epalanga, o presidente do Conselho Nacional da Juventude Hugo Carvalho, a ex-líder do grupo de jovens promessas criado pelo Fórum Económico Mundial Inês Relvas e o professor de Ciência Política Carlos Jalali.

No programa teremos contributo especial da mais jovem autarca nacional, Isabel Guedes, que aos 21 anos se tornou presidente da Junta de Eja (Penafiel).

A moderação do Fronteiras XXI fica nas mãos da jornalista Ana Lourenço. Não perca, dia 17 de Outubro, às 21h30, na RTP3.

 

Convidados neste programa

Kalaf Epalanga Músico, cronista e editor discográfico Músico, cronista, performer e editor discográfico nasceu na cidade de Benguela, Angola, mas aos 17 anos mudou-se para Lisboa. Queria estudar Gestão e regressar ao seu país, mas foi fican...
Inês Relvas Ex-curadora do Global Shapers Liderou até Julho passado o grupo Global Shapers, uma comunidade criada pelo Fórum Económico Mundial que reúne jovens entre os 20 e os 30 anos com potencial de liderança para que desenv...
Hugo Carvalho Pres. do Cons. Nacional da Juventude Aos 28 anos, cumpre o segundo mandato de dois anos como presidente do Conselho Nacional da Juventude (CNJ), que reúne líderes de associações de juventude de todo o país. É também secr...
Carlos Jalali Professor de Ciência Política Doutorado em Ciência Política pela Universidade de Oxford, dá aulas na Universidade de Aveiro (UA), onde também dirige o mestrado em Ciência Política e o programa de doutoramento da UA...

Documentos

INFOGRAFIA PORDATA: RETRATO DOS JOVENS EM PORTUGAL 3 Out, 2018  |  PDF  |  6.19 MB
Relatório sobre a Juventude da OCDE, Maio de 2017 (versão inglesa) 19 Set, 2018  |  PDF  |  1.72 MB
Um estudo - "Emprego, mobilidade, política e lazer: Situações e atitudes dos jovens portugueses numa perspectiva comparada" (2015). 19 Set, 2018  |  PDF  |  1.16 MB
A Juventude Europeia - Relatório da Comissão Europeia , Janeiro de 2018 (versão inglesa) 19 Set, 2018  |  PDF  |  3.22 MB

SABIA QUE

?
Em Portugal, mais de 57% dos adolescentes e jovens dizem não ter qualquer interesse pela política Estudo "Emprego, Mobilidade, Política e Lazer: Situações e atitudes dos jovens portugueses numa perspectiva comparada" (2015).
Um em cada cinco deputados na Assembleia da República tem menos de 40 anos. No parlamento da Dinamarca são o dobro Relatório "Youth Participation in National Parliaments"
São os homens, os mais escolarizados e os que têm maiores rendimentos, quem mais se identifica com partidos e tem maior interesse por política Estudo "Emprego, Mobilidade, Política e Lazer: Situações e atitudes dos jovens portugueses numa perspectiva comparada" (2015)

Notícias XXI

É possível cativar os jovens para a política?
Podem as novas formas de participação e representação política “fill the gap”?
Desiludidos,desconfiados, esperançados, optimistas

Notícias nos media

  #Millennials. A geração que desistiu da democracia
  O "dreamer" português que se tornou activista para que o deixem ficar na América
  Candidatou-se à revelia do pai-presidente e ganhou. Isabel, 21 anos, é a nova presidente da junta