Infografia

6.Que transportes para o futuro?

27 DE JUlHO DE 2022 | 22H30

Como é que os transportes vão mudar a forma como nos deslocamos? Como vão influenciar a produtividade do país e das suas regiões? Em que sistemas e infra-estruturas deve o país apostar para um futuro mais verde e para o desenvolvimento da sua economia? Reveja o programa.

Reveja o programa

O fim da venda de carros a diesel e a gasolina em 2035 acaba de ser aprovado pela União Europeia. Uma medida destinada a reduzir para zero as emissões de dióxido de carbono, que está longe de ser isolada e terá impactos na forma como nos deslocaremos no futuro.

Portugal já está a contribuir para a mudança. Na Marinha Grande foi desenvolvido o protótipo do primeiro carro eléctrico nacional, o Tuga, por uma start up co-fundada por um português, e várias empresas nacionais estão a aperfeiçoar tecnologia para uma mobilidade mais verde, em parceria com grandes empresas internacionais.

Num Portugal na cauda da Europa, a competitividade e o crescimento económico vão depender cada vez mais da forma como o país se liga ao continente, mas também se coloca estrategicamente no comércio internacional.

O oceano Atlântico é uma auto-estrada à porta do país, onde se cruzam uma série de rotas do hemisfério Norte para o hemisfério Sul, das Américas para a Europa, ou as rotas da Ásia que atravessam o canal do Suez. Um potencial que esbarra na capacidade dos portos nacionais e no funcionamento das suas alfândegas.

Vital para o turismo, o transporte aéreo tem na capacidade dos aeroportos nacionais um dos seus grandes entraves, num processo que se arrasta há décadas. E que está novamente a gerar polémica com o primeiro-ministro a anular a decisão do ministro Pedro Nuno Santos de apostar em duas novas infraestruturas, uma no Montijo e outra complementar em Alcochete.

Já a ferrovia – a melhor forma de encurtar distâncias por terra dentro do país e com o centro da Europa – está congestionada ou não funciona. Exemplo disso, é a ligação entre a capital e o Porto, que já devia estar abaixo de 90 minutos, mas continua a prolongar-se por 3 horas – tal como na década de 1980. Ou a urgência de conseguir agilizar a ligação à Europa, com a compatibilização do sistema ferroviário nacional e espanhol com o utilizado pelos restantes países.

Como é que a acessibilidade vai influenciar a produtividade do país e das suas regiões? Em que sistemas de transportes e infra-estruturas deve o país apostar para um futuro mais ambientalmente sustentável e para o desenvolvimento da sua economia?

No Fronteiras XXI debateram-se os transportes que precisamos para o futuro. Com o especialista em Transportes Carlos Oliveira Cruz, o presidente da TIS, empresa de consultoria em mobilidade e transportes José Manuel Viegas, o responsável pela área de Mobilidade, Automóvel e Cidades no Ceiia Paulo Humanes, e José Luís Teixeira, director de Supply Chain e Logística da cadeia Pingo Doce.

Com uma entrevista exclusiva ao director-executivo do Future Energy Systems Center no MIT, o norte-americano Randall Field.

A moderação é da jornalista da RTP Ana Lourenço.

 

Convidados neste programa

Carlos Oliveira Cruz Professor e investigador Professor associado com agregação do Departamento de Engenharia Civil, Arquitetura e Georrecursos (DECivil) do Instituto Superior Técnico e investigador do CERIS – Civil Engineering Res...
José Manuel Viegas Presidente da TIS Foi professor catedrático de Transportes no Instituto Superior Técnico, tendo chefiado o núcleo de investigação em Infraestruturas, Sistemas e Políticas de Transportes. Foi director na...
Paulo Humanes Responsável pela área de Mobilidade, Automóvel e Cidades no Ceiia Mestre em Engenharia, é director responsável pela área de Mobilidade, Automóvel e Cidades no Ceiia (Centro de Engenharia e Desenvolvimento), Porto. No Reino Unido, foi director-técnico ...
José Luís Teixeira Director de Supply Chain & Logística Licenciado em Gestão e Engenharia Industrial pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, com um Executive MBA pela Porto Business School, é director de Supply Chain & Logística...

Documentos

Relatório sobre o futuro da mobilidade do MIT 30 Jun, 2022  |  PDF  |  9.67 MB
Estudo «Do made in ao created in: Um novo paradigma para a economia portuguesa» 30 Jun, 2022  |  PDF  |  24.38 MB
Resumo do Estudo «Sistema de Transportes em Portugal» 30 Jun, 2022  |  PDF  |  6.73 MB

SABIA QUE

?
Portugal tem 30 centímetros de auto-estrada por habitante, o segundo maior rácio da Europa
O número de aviões de companhias aéreas registadas em Portugal aumentou seis vezes entre 1990 e 2019 Estudo O sistema de Transportes em Portugal
Triplicou o número de carros a circular nas estradas do continente entre 1990 e 2019 Pordata

Notícias nos media

  Primeiro-ministro anula despacho de Pedro Nuno Santos para novos aeroportos
  Governo avança para o aeroporto no Montijo mas quer também nova infraestrutura em Alcochete
  Aeroporto Humberto Delgado vai para obras no próximo ano. Custo estimado é de 200 a 300 milhões